Nevralgia dentária: saiba o que é, sintomas e como tratar

with Nenhum comentário

Nevralgia dentária, o nome é diferente, mas essa é uma situação bem comum. Muitas pessoas sofrem com nevralgia dentária. Então fique com a gente, acompanhe esse post e saiba tudo sobre o assunto.

Mulher loira colocando a mão no rosto pois está com  nevralgia dentária

Quando o simples ato de mastigar causa um grande desconforto, é sinal que a nevralgia dentária deu suas caras.

Caracterizada pela dor aguda, intensa e frequente nos nervos do maxilar, esse problema bucal tem causa e também tem tratamento.

Essa condição tão incômoda pode surgir em qualquer pessoa por diversas razões. Muitos podem até ser considerados fatores de risco.

No entanto, a nevralgia dentária atinge mais as pessoas que estão acima dos 60 anos.

Mas não há motivo para desespero e nem pânico. Neste artigo reunimos tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Aqui você vai ler:

Não deixe para amanhã o cuidado com a sua saúde bucal, pois ela influencia todo o corpo. Fique atento às nossas dicas e boa leitura!

Descubra os tipos de nevralgia dentária

Antes de saber como tratar nevralgia, é preciso ter em mente que há diversos tipos. Sendo assim, você precisa ficar atento às diferentes caracterizações do problema. Elas são:

Nevralgia do trigêmeo

Considerada uma das piores dores que uma pessoa pode sentir, esse tipo de nevralgia afeta o nervo trigêmeo.

Sendo que, este nervo é o principal responsável pela sensibilidade da face. Essa nevralgia dentária é mais comum em mulheres e acomete na maioria das vezes o lado direito da face.

Suas causas, muitas vezes são indeterminadas. Em algumas situações a nevralgia do trigêmeo é favorecida por inflamações próximas ao nervo, infecções e anormalidades na região.

Nevralgia do trigêmeo atípica

Também conhecida como dor facial atípica, essa nevralgia dentária é do mesmo grupo da nevralgia do trigêmeo.

No entanto, seus sintomas podem ser mais intensos. Os pacientes relatam como uma queimação e pode se estender do pescoço (parte superior) ou por volta do couro cabeludo.

Nevralgia occipital

Essa condição afeta os nervos occipitais, por isso o nome. Ela resulta em dor crônica na parte traseira ou lateral da cabeça, tomando também o pescoço.

A causa dessa nevralgia está bastante ligada com a postura. Movimentos errados e repetitivos com o pescoço pode causar dores insuportáveis.

Nevralgia do glossofaríngeo

Dentre todas essa é a mais rara. Ela é caracterizada por episódios de dor abrupta no ouvido, base da língua, fossa tonsilar ou abaixo do ângulo da mandíbula.

Essa dor é caracterizada pelos pacientes como se fossem choque elétricos. Suas causas podem estar associadas ao ritmo cardíaco e síncope.

Nevralgia pós-herpética

Caracterizada pela dor que persiste por mais de seis semanas depois de erupções de herpes zoster.

Pacientes relatam que a dor parece formigamento, choque ou pontadas. E seus fatores de risco incluem dor aguda durante a fase das vesículas e agravamento das lesões vesiculares.

Saiba as causas da nevralgia dentária e como evitá-las

Mulher loira em um consultório deitada vendo um exame que o dentista está mostrando, pois está com nevralgia dentária

Como você já percebeu, os tipos de nevralgia são diversos. Do mesmo jeito, as causas que resultam na enfermidade também são as mais variadas.

Por isso, é de extrema importância que uma pessoa com a nevralgia dentária procure um especialista.

Isso no intuito do médico indicar o melhor tratamento. Vale destacar também que é possível saber como tratar nevralgia, mas nem sempre saber sua causa. As mais prováveis são:

  • Insuficiência renal crônica;
  • Diabetes;
  • Infecções, como herpes zoster, HIV, doença de lyme e sífilis;
  • Porfiria;
  • Pressão nos nervos por ossos, ligamentos, vasos sanguíneos ou tumores próximos;
  • Trauma;
  • Uso de alguns medicamentos.

Para evitar esse problema é preciso buscar evitar suas causas. Os meios mais comuns são:

Insuficiência renal crônica

Quando o assunto são os rins é melhor evitar o excesso de sal, carne vermelha e gorduras. Controlar o peso e a pressão arterial é fundamental.

Além disso, exercícios físicos e abandonar vícios, como cigarros e bebidas alcoólicas também ajudam no combate a essa causa de nevralgia dentária.

Diabetes

Essa causa fica um pouco mais complicada, porque em muitos casos a diabetes é hereditária.

No entanto, é preciso comer mais verduras, legumes, frutas, reduzir gorduras, açúcares e sal.

Infecções, como herpes zoster, HIV doença de Lyme e sífilis

No caso de doenças sexualmente transmissíveis, como o HIV e sífilis, o preservativo é a solução.

Já quando se trata do herpes a prevenção é a vacina. E a doença de lyme se evita mantendo distância de locais com carrapatos.

Porfiria

Nesse caso, para evitar essa causa de nevralgia dentária o mais indicado é melhorar a qualidade de vida, ou seja, fazer mais exercícios físicos, se alimentar melhor evitando gorduras, açúcares e abuso do sal, entre outras.

Pressão nos nervos por ossos, ligamentos, vasos sanguíneos ou tumores próximos

Essa parte está mais ligada a postura e hábitos relacionados a boa forma do corpo.

Trauma (incluindo cirurgia)

No caso de cirurgia cabe aos médicos tomarem os devidos cuidados durante o procedimento para que não acarrete outros problemas pós-cirúrgico.

Uso de alguns medicamentos

Sempre que um médico ou dentista receitar algum medicamento, é importante analisar a bula e tirar as dúvidas com um profissional.

Sendo assim, nunca se automedique, quando precisar fazer algum tratamento procure um médico especialista.

Como tratar nevralgia?

Quando o tópico é como tratar nevralgia dentária, as pessoas devem procurar primeiramente um médico.

Apenas um especialista irá avaliar corretamente seu problema e indicar o tratamento mais adequado.

Vale destacar que em alguns casos os sintomas desaparecem sozinhos. E em outros é recomendado até mesmo intervenção cirúrgica. Os tratamentos mais comuns são:

Injeções locais de medicamentos para aliviar a dor

Esse é um tratamento de efeito mais a curto prazo, que costuma resolver momentaneamente.

Bloqueadores nervosos

Isso porque os tipos de nevralgia dentária são causadas por atividades irregulares de nervos.

Fisioterapia

Esse tratamento é indicado para alguns tipos da doença, como é o caso da nevralgia pós-herpética.

Procedimentos para diminuir a sensibilidade do nervo

Nessa lista podem entrar tratamentos como:

  • balão de compressão;
  • ablação com radiofrequência;
  • calor;
  • injeção de substâncias químicas.

Viva sua vida sem dores e incômodos

Você já viu que nevralgia dentária não é uma situação qualquer! Pode causar muita dor e durante muito tempo.

As causas são as mais diversas e a nevralgia dentária também pode ser muito variada.

Por esse motivo, se você está sofrendo com essa condição é essencial procurar um especialista.

Apenas o dentista saberá como tratar nevralgia da forma mais adequada de acordo com o seu quadro clínico.

Agora que você conhece a nevralgia dentária, e se acha que está sofrendo desse mal, comece a se cuidar agora mesmo. 

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *