Como um software de gestão pode alavancar os resultados da clínica odontológica?

with Nenhum comentário

Quando o profissional da saúde decide usar um software médico de gestão para clínicas e consultórios está explícito o seu entendimento a respeito do quanto a tecnologia pode ajudar a otimizar os procedimentos para que ele possa ter tempo em pensar em outras estratégias para alavancar os resultados do negócio. 

Diante disso, um sistema de gestão se torna um quesito fundamental para suprir todas as demandas e necessidades de uma clínica odontológica. 

A tarefa de gerir um empreendimento da saúde não é uma das mais fáceis. O profissional que estudou anos, se especializou para atender ao segmento da saúde e administrar uma clínica médica, de repente se depara com tarefas como organogramas de pacientes, pagamentos, fluxos de caixas, estoques e análises de custos.

Diante deste cenário um tanto tumultuado, não tem como gerir isso tudo sozinho sem um software médico de gestão que aparece, como solução, para ajudar na administração de vários setores de uma empresa ligada ao segmento da saúde. 

Deste modo, facilitando com a automatização de todo o fluxo de trabalho da clínicas, integrando todas as áreas em um só lugar e com inteligência artificial, o que permite que toda a equipe possa centralizar esforços no atendimento ao paciente e em tarefas estratégicas para identificar pontos falhos do negócio e aperfeiçoá-los.

6 dicas para escolher um software de gestão

  1. Opte por um software na nuvem

É preciso ter a ciência que um sistema na nuvem não precisa ser instalado em todas as máquinas da clínica odontológica, para começar o uso no sistema basta ter um dispositivo que esteja conectado à internet, como o computador, celular, tablet ou notebook. 

O que passa a tornar a rotina de trabalho mais eficaz e ágil a qualquer momento e sempre que for necessário, é possível consultar as contas e agenda pessoal.

Ademais, um sistema de gestão para clínicas e consultórios médicos na nuvem não ocupa espaço na memória dos dispositivos do empreendimento e conta com backup que se atualiza a cada 5 minutos, o que garante segurança de dados importantes da clínica. 

Agora, quando o assunto se trata sobre pagamento, é outra vantagem que precisa ser pontuada. 

Quando o profissional da saúde opta por um sistema de gestão, antes de realizar a contratação, há a possibilidade de testá-lo por alguns dias de forma gratuita. 

Após o período gratuito, quando a contratação for efetuada, é necessário pagar uma mensalidade que permite acessar os recursos do software em todas as máquinas da empresa. Para isso, é preciso que seja o portador único do login e senha.

  1. Aposte em sistemas que proporcionam uma interface intuitiva

Até porque, não adianta ter o melhor software médico com telemedicina em mãos se toda a equipe de trabalho da clínica não faz ideia de como utilizá-lo corretamente ou como explorar todos os recursos da melhor maneira possível.  

No momento que o profissional da saúde decide que é está na hora de implementar um software médico na clínica, é indicado que ele aproveite o uso durante o período gratuito para analisar e testar toda a usabilidade que o software tem a oferecer. 

A regra é: quanto mais intuitiva e simples a interface for, melhor.

  1. Invista em sistemas médicos que se comprometem com o sucesso do cliente

Um sistema médico para clínicas e consultórios deve se comprometer a entregar ao cliente uma equipe de suporte que sempre busque resolver e sanar imediatamente todas as dúvidas do cliente e, consequentemente, as da sua equipe da clínica odontológica a respeito do uso das ferramentas do software. 

Com o objetivo final de garantir o sucesso profissional.

Ademais, a equipe de suporte do software de gestão deve estar sempre em alerta a rotina de trabalho do empreendimento odontológico, para tirar ideias a partir dos problemas gerados no dia. 

No final, esta iniciativa vai garantir que o sistema médico sempre evolua e consiga oferecer novas soluções para que a clínica odontológica aperfeiçoe a sua gestão.

  1. Encontrem sistemas médicos que ofereçam maior controle nas informações

Na maioria das vezes, ao longo da rotina de trabalho de uma clínica odontológica, inúmeros procedimentos acabam ficando repetitivos como o cadastro de pacientes, marcação de consultas e lembretes para que o paciente possa retornar à clínica para continuar o acompanhamento. 

E como de costume, todos estes dados precisam estar disponíveis sempre que o paciente chegar no estabelecimento. Porém pode acontecer do responsável por estas informações não se encontrar presente em algum momento devido à outras circunstâncias. 

O que vai dificultar para o profissional da saúde encontrar os prontuários dos pacientes para realizar o atendimento, remarcar consultas e outros procedimentos odontológicos necessários.

Um sistema de gestão para clínicas e consultórios torna este ciclo mais simples e eficaz. Pois ele acaba uniformizando e controlando todos os procedimentos através desse ciclo de dados online. 

Isto significa, que o sistema de gestão melhora o atendimento aos pacientes, e cessa a possibilidade de consultar diferentes arquivos e papéis para buscar informações na hora do atendimento odontológico.

  1. Considere sistemas de gestão que possuem um módulo de gestão financeira

Para uma clínica odontológica ter sucesso depende, na maioria das vezes, de um eficiente e completo sistema financeiro. 

Com este recurso disponível, é possível que o profissional da saúde tenha controle e registro de todas as movimentações da clínica, veja algumas delas:

  • Financeiras;
  • Fluxo de caixa;
  • Recebimento de pagamento de forma online e totalmente integrada com o sistema médico de gestão; 
  • Controlar os recebimentos por bandeira de cartão de crédito;
  • Controlar a análise de despesas e contas que a clínica teve dentro de um determinado período de tempo.

Um sistema de gestão para clínicas e consultórios que conta com estas e outras funcionalidades descritas acima é perfeito para um gerenciamento de fluxo financeiro eficaz além do gestor da clínica ter um panorama certo de quais projeções estratégicas se deve fazer. 

Até porque, o software médico garante um leque de relatórios para que o profissional da saúde possa analisar o faturamento mensal do empreendimento como vendas por prestador, contas a receber, conciliação bancária, emissão de notas fiscais, relatórios de orçamentos entre outros.

  1. Adquira um sistema de gestão que facilite a relação entre profissional da saúde e paciente

Acredita-se que todo empreendimento ligado a saúde busca aumentar o seu quadro de pacientes e fortalecer e fidelizar a relação com os antigos. Até porque se preocupar em melhorar a saúde de todos é um dos motivos de ser da profissão. 

Porém, caso o número de pacientes aumente, o que é ótimo, a comunicação pode se tornar falha, o que mais um vez pontua a importância do uso de um sistema médico de gestão para que o atendimento ao paciente não perca a qualidade de antes. 

Diante deste quadro, dois módulos de um sistema de gestão merecem ser pontuados. 

O primeiro é a presença de um prontuário eletrônico altamente configurável para que o atendimento possa ser agilizado uma vez que o profissional da saúde possa acessar os dados do paciente de qualquer lugar que esteja. 

O segundo é a presença do módulo de relacionamento com o paciente ou, em outras palavras, o marketing médico. Ele é fundamental para que o gestor da clínica trabalhe a sua base de pacientes para aumentar a retenção. 

Ele pode estabelecer, por exemplo, um cronograma para mandar uma sequências de mensagens para determinado tipo de paciente a respeito de um tratamento. 

Como também mandar lembretes a respeito de confirmação de presença nos agendamentos, mensagens de aniversário e até avaliar o nível de satisfação que o paciente tem a respeito da unidade da clínica em que se encontra ou a um profissional da saúde em particular. 

A pesquisa de satisfação permite que o gestor da clínica extraia poderosos insights para melhorar a performance do estabelecimento odontológico.

O sistema de gestão Shosp

Agora que foi possível conhecer um pouco de tantos outros recursos disponíveis dentro de um sistema de gestão para alavancar os resultados de uma clínica odontológica, o Shosp se enquadra em todos estes quesitos. 

Além de todas as funcionalidades existentes no prontuário eletrônico tem uma em especial que é o odontograma o qual permite que o dentista marque os dentes do pacientes os quais vão ser trabalhados assim como o maxilar. Mas não é só isso. 

O Shosp é o único software médico de gestão com telemedicina seguro do mercado, com certificado digital em infraestrutura ICP-Brasil para garantir validade jurídica na assinatura de todos os documentos médicos. 

Conta também com novas atualizações como a opção de teleatender ou telemonitorar de forma gratuita e receber o pagamento pelas teleconsutas realizadas diretamente pelo sistema de gestão.

Para conhecer todos os recursos que o software médico para clínicas e consultórios pode proporcionar, basta acessar o site ou solicitar o contato com um dos consultores comerciais que logo entrarão em contato.

Conteúdo produzido por Fernanda Almeida Barcelos, Jornalista e Publicitária pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), pós-graduada em Marketing e Design Digital pela ESPM-rio e Analista de Marketing do Shosp, Software de gestão para clínicas e consultórios.

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *