Fazer um Plano odontológico: vale a pena?

with Nenhum comentário

No geral, cuidar da saúde é uma preocupação que jamais deixaremos de ter e quando se trata da saúde bucal esse cuidado também não pode ser deixado de lado. Sendo assim, muitas pessoas se perguntam: fazer um plano odontológico vale a pena? 

Descubra neste artigo a resposta para esta pergunta e confira as dicas que preparamos para você, que está considerando contratar um plano odontológico. 

Plano Odontológico custa caro? 

Diferente do Plano de Saúde (um produto de maior complexidade e abrangência) um bom plano odontológico não custa caro. 

Na sua busca por um plano odontológico, você verá que existem várias operadoras e devido a quantidade de ofertas, o preço por um plano odontológico se torna acessível para grande parte da população. 

Sendo assim, de acordo com as suas necessidades, você poderá contratar planos odontológicos a um baixo custo (para procedimentos mais simples) ou a um custo mais elevado (para realização de procedimentos mais complexos). 

Contudo, ao comparar os custos que você terá ao pagar por qualquer serviço odontológico privado é muito maior que fazendo o uso do plano, onde é possível pagar pequenas parcelas mensais e poder fazer os mesmos procedimentos. 

Dessa forma, diluído em mensalidades ao longo do ano, ter um plano odontológico é mais vantajoso. 

Plano odontológico possui carência? 

Por se tratar de um tipo de benefício, uma das questões mais levantadas para saber se um plano odontológico vale a pena é entender se este serviço possui carências. 

Assim como o plano de saúde, seguro de vida entre outros produtos semelhantes, o plano odontológico também possui carências. 

A carência diz respeito ao tempo em que o beneficiário contrata um plano até o momento em que o mesmo poderá fazer uso de seus serviços. Nesse sentido, é importante entender quais as carências existentes nos planos e a sua necessidade de uso para ir ao dentista pois, para cada tipo de procedimento é possível que haja uma faixa de tempo que deverá ser respeitada. 

De uma forma geral, é possível afirmar que as maiores carências estão para procedimentos mais complexos e custosos como tratamento de canal e serviços estéticos. 

Por outro lado, serviços de urgência como extração ou dor de dente, podem possuir uma carência menor. 

O ideal é que você se atente aos critérios básicos de uso do plano odontológico e de preferência, que contrate um produto com coberturas mais amplas, para não ser pego de surpresa no futuro. 

Prazos de carência dos planos

Para os chamados tratamentos de rotina, os planos odontológicos costumam estabelecer o período de 24 horas após a ativação do serviço para que o usuário possa utilizar. 

Para procedimentos estéticos como colocação de próteses por exemplo, essa carência pode ser de até 180 dias. 

Já em casos como o tratamento de canal, remoção das cáries e cirurgias esse tempo pode ser de até 90 dias. 

Contudo, a carência é um fator moderador do uso dos planos odontológicos que vão assegurar que o cliente possa utilizar os serviços de maneira mais ampla e sem complicações. 

Abrangência dos Planos Odontológicos 

Segundo o Conselho Federal de Odontologia (CFO), no Brasil há cerca de 44,5 mil clínicas odontológicas e em média 8 clínicas por município. 

Não seria interessante que você pudesse ter acesso a maior parte dessas clínicas e melhor, poder escolher qual lhe agrada mais? 

Um bom plano odontológico possibilita para o cliente que ele possa ir ao dentista da sua preferência ou ir a uma clínica credenciada mais próxima de sua casa e não pagar a mais por esta escolha.

O que você deve se atentar é sobre a rede de abrangência que pode ser regional ou nacional, e ao número de clínicas credenciadas que aceitam plano na sua região. 

Como contratar um plano odontológico? 

agora que você já conhece as características desse serviço, chegou a hora de saber como contratar e assim descobrir se ter um plano de odontológico vale a pena. 

A contratação desse tipo de serviço pode ser feita por meio de uma corretora de seguros, sites especializados em corretagem de planos odontológicos ou via telefone. 

Se você possui uma empresa ou cnpj, este serviço também pode ser facilmente contratado e com condições e preços flexíveis além da vantagem de oferecer este benefício para o colaborador

Mas não se esqueça! 

A ida ao dentista é de sua importância para saúde bucal, mas existem cuidados que todos nós podemos ter em casa como escovar os dentes após as refeições e o uso de fio dental e enxaguante bucal. 

Fazendo isso, você vai evitar maiores problemas bucais, fazendo uso do seu plano apenas para manutenções de rotina. 

Até a próxima! 

Escrito por Anubis Corretora de Seguros

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *