5 dicas para conseguir uma clínica dentária mais ecológica

with Nenhum comentário

Não há dúvidas que consumimos muito plástico e que cada vez mais, aumenta a quantidade desse produto nos mares, que acaba sendo ingerido pelos peixes, baleias, focas e tartarugas. Cerca de 80% do lixo encontrado no mar é plástico, e essa situação deve terminar. 

O plástico tem uma decomposição muito lenta, e provoca um grande impacto ambiental causando danos à saúde dos nossos animais e à dos humanos.  

O parlamento europeu quer colocar medidas mais drásticas, sendo que uma delas é a proibição de usarmos plásticos descartáveis até 2021. Muitos países já começaram a mudar hábitos, mas nunca é tarde para tomarmos consciência e aplicar ainda mais ações para proteger o ambiente. 

Clínica odontológica mais ecológica 

Como já referimos anteriormente, nunca é demais proteger o ambiente e aplicar cada vez mais soluções e alternativas sustentáveis. 

O setor da Odontologia tem tido um grande impacto ambiental bastante significativo devido à grande produção de resíduos descartáveis necessários para o seu desenvolvimento. 

No entanto, existem sempre várias alternativas mais simples e ecológicas que ajudam a sua clínica a ser mais amiga do ambiente, confira quais são elas:

  • Evite ao máximo de usar plásticos descartáveis ​​na clínica

Dos vários materiais utilizados em uma clínica odontológica, existem alternativas às de plástico e, principalmente, são utilizadas apenas uma vez.

Entre eles, podemos encontrar os succionadores metal reutilizáveis, em vez dos de plástico comuns. O mesmo acontece com os óculos utilizados para enxaguar a boca dos pacientes. 

Além disso, existem certas ações que não devem ser realizadas apenas na clínica odontológica. Os dentistas recomendam trocar a escova de dentes a cada três meses, o que se traduz em um grande número de escovas de dentes plásticas em todo o mundo.

Mudar a escova de dentes por uma biodegradável, feita com materiais ecológicos, é um gesto simples, mas terá um grande impacto positivo no meio ambiente. 

Entre os mais comuns, podemos encontrar algumas escovas de dentes de bambu ou madeira.

  • Menos emissões de CO2

Para reduzir ao máximo as emissões de CO2, cada membro da  clínica terá um papel fundamental. Por esse motivo, é importante realizar um treinamento relativamente ao meio ambiente e como você pode colaborar com isso. 

É possível usar equipamentos com os mais altos níveis de desempenho energético, de preferência da categoria A para eficiência energética e ainda usar o transporte público para ir ao local de trabalho.

  • Economizar na energia elétrica

Não se trata apenas do desperdício que produzimos, mas da energia que desperdiçamos. Uma das principais medidas que podemos tomar para economizar eletricidade é recorrer à tecnologia LED de baixo consumo. 

Esta ação vai implicar uma economia de energia muito importante. Além disso, ao não usar certo tipo de  materiais pesados que existem nas lâmpadas tradicionais, é mais ecológico, contribuindo para a não contaminação da atmosfera.

Em relação aos sistemas de ar condicionado, é recomendado o uso de máquinas individuais de aquecimento e ar condicionado, que permitem regular a temperatura e otimizar o consumo e baixar a conta da luz. 

  • Usar cada vez menos papel

É muito importante que se reduza o consumo de papel, pois ele gera um impacto negativo muito grande. 

Com a ajuda de novas tecnologias, é possível ter uma clínica odontológica digitalizada, onde a maioria dos documentos, como relatórios, raios-x, consentimentos ou arquivos de pacientes, estão na internet, sem a necessidade de um documento físico.

Além disso, a forma de comunicação com os pacientes e a entrega da documentação podem ser muito eficazes por meio de campanhas de e-mailing. Aposte sempre que possível no papel reciclado.

  • Biossegurança

Seu principal objetivo é proteger o paciente e o próprio profissional. A contaminação de instrumentos ou certas superfícies pode comprometer o tratamento oral ou a segurança do dentista. 

Manter uma clínica bem desinfetada é a melhor prevenção contra infecções.

Além disso, é muito importante que os equipamentos que você tenha na sua clínica estejam certificados e dentro dos regulamentos da eficiência energética e que apoiem o padrão internacional da gestão ambiental ISO 14001.

Todas estas dicas que referimos podem ser aplicadas em diversos setores de atividade e não somente em clínicas dentárias. Juntos podemos fazer sempre melhor e conseguir um mundo mais ecológico.

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *