6 dicas para dentistas tratarem as crianças em seus consultórios

with Nenhum comentário

Ir ao dentista não é algo que a maioria das pessoas normalmente gostam, mas é um passo necessário para manter a boa saúde bucal. Quando se trata crianças, essa pode ser uma experiência assustadora.

Por esse motivo, é importante que dentistas busquem por soluções para tratarem as crianças em seus consultórios, como: oferecer um ambiente agradável com brinquedos educativos, apresentando seus instrumentos de trabalho, dando recompensas, etc. 

Isso é importante porque se até os adultos hesitam ou temem ter que visitar o consultório de dentistas, para as crianças é essencial que o ambiente seja um lugar acolhedor e até divertido. 

Mas, como realmente é possível oferecer o melhor ambiente possível para uma criança quando se trata de consultórios odontológicos? 

Pensando nessa dúvida, resolvemos separar algumas dicas para dentistas tratarem as crianças em seus consultórios e tornar essa experiência muito mais agradável. Confira a seguir! 

Principais formas de tratar crianças em consultórios odontológicos 

Se você ainda não atende crianças e pretende fazer isso ou se já as atende, mas deseja tornar a ida ao seu consultório uma experiência muito melhor, aqui estão algumas dicas que você pode seguir para tornar seu consultório um pouco menos ameaçador e mais convidativo. 

Sala de espera personalizada e divertida  

A adição de alguns elementos na área de espera pode aliviar qualquer nervosismo que as crianças possam sentir. 

Distração é a melhor opção neste caso. Além de pensar em uma decoração personalizada para os pequenos, você também pode disponibilizar: 

  • Brinquedos – principalmente os educativos que são muito importantes para o desenvolvimentos das crianças;
  • Livros de histórias ou de colorir;
  • Jogos de tabuleiro;
  • Tapete Eva;
  • Folhas e lápis de cor para desenhar e colorir. 

Faça apresentações

Instrua os membros da sua equipe a se apresentarem pelo nome primeiro aos pais e depois aos filhos. Isso estabelece um nível de confiança com pacientes jovens. 

A criança verá que o pai ou a mãe confiam nos funcionários e se importam o suficiente para se apresentarem. 

Sempre tente se ajoelhar enquanto se apresenta à criança. O objetivo é ser acolhedor e não ameaçador. Elevar-se sobre as crianças enquanto faz as apresentações pode fazê-las sentir ameaça e medo. 

Peça ou informe corretamente

Como regra geral, você não deve pedir a uma criança para executar tarefas básicas. Se você perguntar a uma criança algo como: “Você deseja sentar nesta cadeira?” provavelmente a grande maioria irá dizer que não. 

Reformule para algo como: “Por favor, sente-se nesta cadeira. Obrigado!” Dessa forma, você obterá melhores resultados com um comando educado. Lembre-se de falar com as crianças de maneira respeitosa, não como um bebê. 

Explique quantas vezes for necessário

Sempre explique o que você vai fazer. Assim como nos adultos, você deve contar à criança sobre suas ações. A única diferença é que uma criança pode não entender certas frases. 

Fale que os resultados do raio-x são figuras. Tente chamar o avental de chumbo de “jaqueta pesada”. Seja criativo e divirtam-se com isso. 

Faça perguntas 

Pergunte sobre os interesses das crianças, a escola e as suas coisas favoritas. Os pequenos têm opiniões e fortes preferências assim como os adultos. 

O ato de fazer perguntas vai fazer com que as crianças saibam que você se importa com suas opiniões e interesses e isso proporciona uma forte confiança. 

Ofereça “prêmios”

Por mais simples que pareça, este é um grande passo. Se você colocar uma caixa de “prêmios” em um local visível, as crianças poderão manter sua recompensa em mente durante o horário de atendimento. 

Se necessário, você sempre pode lembrar suavemente a criança sobre a recompensa que ela receberá após a consulta. 

Como os pais podem ajudar os dentistas 

Seguir as dicas que citamos pode fazer com que as consultas com crianças em seu consultório ocorram sem problemas. Porém, os pais também têm um papel fundamental nessa situação, que é conversar com os filhos. 

É importante que eles preparem seus filhos antes de levá-los a consulta para incentivá-los a perder medo do dentista

Portanto, assim que a consulta for marcada, você pode conversar com os pais e pedir para que eles tenham essa conversa com a criança e a prepare para a ida ao consultório. 

Eles podem falar sobre como funciona o procedimento e lembrá-la sobre a importância da higiene bucal, sempre deixando claro que quanto mais a criança cuidar dos seus dentes, mais bonitos eles vão ser e mais felizes os pais e o dentista ficarão com o resultado. 

Lembre-se de se divertir. Quando as crianças pensam que o consultório é um lugar divertido, elas são menos inclinadas a sofrer de fobia dentária quando se tornarem adultas. 

Gostou das nossas dicas para tratar as crianças em seu consultório? Esperamos que sim e que elas te ajudem para que você possa oferecer a melhor experiência possível para os pequenos!

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *