Posicionamento de mercado odontológico: como posicionar o meu consultório no mercado?

with Nenhum comentário

Definir seu posicionamento de mercado odontológico é a regra número 1 para conquistar seu “lugar ao sol”. De uma forma resumida, podemos dizer que posicionamento de mercado equivale ao modo como você vende seu peixe.

Se você quiser que alguém o compre, sabe que precisa destacá-lo entre as outras ofertas.

Porque, afinal, você tem concorrência.

E se não tiver clareza de qual “peixe” está vendendo — e para quem —, dificilmente você conseguirá ganhar atenção de possíveis interessados.

Você tem dúvida se está cuidando desse aspecto do jeito certo? Ou não faz a menor ideia de como criar seu posicionamento de mercado odontológico? Fique tranquilo, pois neste texto você vai encontrar.

Siga a leitura e esclareça suas dúvidas!

Passo a passo para posicionamento de mercado odontológico: um guia para você elaborar a sua estratégia

Pegue papel e caneta. Você vai precisar!

Não confie na memória ou na sua capacidade de explicar tudo apenas falando. Materialize as ideias, faça registros. Isso te ajudará a pensar com muito mais objetividade.

Nossa sugestão é que você use um caderno e coloque, em folhas separadas, cada uma das etapas abaixo. Anote as etapas no topo da página, usando-as como títulos.

Abaixo dos títulos, você anotará suas respostas. Não se preocupe em esgotar o assunto na primeira tentativa. Tire um tempo para pensar nas diferentes possibilidades. Pesquise. Analise a concorrência. E melhore suas propostas conforme adquire aprendizado.

Preparado para começar? Então siga estas etapas:

1. Estabeleça os objetivos do seu negócio

Quais são os motivos que te levam a investir no seu consultório? O que você espera obter com ele? Se as suas respostas são vagas, resumidas em palavras como lucratividade e reconhecimento, volte duas casas.

Para fazer um posicionamento de mercado odontológico eficiente você precisa ter metas mais pragmáticas. Uma dica para facilitar seu trabalho é usar a metodologia SMART.

Basicamente, essa técnica consiste em estruturar os objetivos de modo que eles sejam:

  • Específicos: Onde você quer chegar? O que pretende realizar? Seja claro e conciso, definindo um norte para suas ações. 
  • Mensuráveis: Quais critérios você usará para avaliar seu progresso? O que representa um bom resultado para você?
  • Atingíveis: Como chegará ao seu objetivo? Quais são as ferramentas e habilidades necessárias?
  • Realistas: Alinhe seus objetivos com a realidade do mercado onde você está inserido, também considerando suas metas e recursos financeiros.
  • Temporais (com prazos): Quando você propõe uma data-alvo para seus objetivos, consegue se programar muito melhor. Datas criam um certo “senso de urgência”, que afasta a temível procrastinação.

2. Identifique seus diferenciais

Para fazer essa parte de seu posicionamento de mercado odontológico, tenha em mente que existem mais de 330 mil dentistas no Brasil. A pergunta que você deve se fazer é: “por que alguém deveria escolher meu consultório, diante de tantas opções?”.

Perceba os quesitos que o destacam — e avalie em quais vale a pena apostar, para obter vantagem competitiva sobre a concorrência.

Alguns pontos que você pode analisar são:

  • Localização geográfica, conveniência e acessibilidade;
  • Inovação (novas soluções, diferentes daquelas já oferecidas por seus concorrentes);
  • Qualificação profissional;
  • Qualidade do serviço;
  • Preço;
  • Estilo de atendimento ao cliente.

3. Eleja seu público-alvo

A estratégia de segmentação é um elemento chave do posicionamento de mercado odontológico.É ela que determina a maneira de comunicar seu negócio, quais clientes deseja atrair e por quem deseja ser visto como referência.

Lógico, não se trata de “idealizar” um público-alvo. É necessário buscar coerência entre suas ambições, oportunidades reais e os recursos dos quais você dispõe.

Um bom ponto de partida é pesquisar informações sobre o público que, com maior probabilidade, terá interesse e pagará pelo seu serviço.

Nesse sentido, alguns indicadores úteis incluem:

  • Faixa etária;
  • Localização;
  • Escolaridade;
  • Nível de renda;
  • Gênero;
  • Valores;
  • Estilo de vida.

A partir desse panorama, você poderá elaborar sua identidade de marca e desenhar sua estratégia de marketing.

4. Determine quais serviços serão oferecidos

Após a definição do público-alvo, siga sua elaboração de posicionamento de mercado odontológico investigando quais as principais “dores” de seus clientes.

Ou seja, descubra quais necessidades, problemas e preocupações motivam tais pessoas a procurar por um consultório odontológico.

Estruture seu mix de serviços de modo a atender essas demandas, tendo em vista que os serviços podem se complementar.

Desta forma, você garante a melhor experiência do cliente e aumenta sua fidelização — uma vez que ele passa a ver seu consultório como um local que concentra as soluções das quais precisa.

Posicionamento de mercado odontológico e marketing digital

As informações que você reuniu em seu posicionamento de mercado levam ao próximo estágio: a criação de sua proposta de valor.

Em síntese, sua proposta de valor equivale à promessa que você faz ao seu cliente. É a soma de diferenciais e vantagens que faz seu serviço ser percebido como uma escolha inteligente e satisfatória.

São essas características que você deve priorizar ao criar sua estratégia de marketing digital.

Seu posicionamento de mercado odontológico, somado à sua proposta de valor, indicam quais são os termos (palavras-chave) que devem ser usados em seu site, blog e redes sociais — a fim de atrair seus potenciais clientes.

Quanto mais específicos forem esses termos, mais assertiva será sua estratégia de SEO.

Para anúncios, vale a mesma regra. Considere os dados relacionados ao público-alvo para obter uma segmentação eficiente e, assim, direcionar a divulgação dos posts aos perfis de pessoas com maior probabilidade de adquirir seus serviços.

Existem diversas ferramentas de marketing digital que podem te ajudar nesse trabalho.

Porém, é compreensível que, além de desempenhar suas funções no consultório, cuidar de sua presença digital signifique uma grande sobrecarga.

Especialmente quando você não tem conhecimento técnico na área. A melhor solução é buscar profissionais que ofereçam tais serviços. Agências de marketing são uma boa opção.

Mas, se você quiser alguém que o acompanhe em todas as etapas — a começar pela definição de seu posicionamento de mercado odontológico — o ideal é que procure por uma consultoria em gestão de serviços.

Texto de Adriano Nodari, fundador e consultor sênior da Nodari Consultoria.

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *